Artistas moçambicanos apoiam vítimas do ciclone Idai

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

22 de março de 2019

Artistas moçambicanos criam um movimento de solidariedade em apoio às vítimas do Ciclone Idai, que na semana passada, devastou o centro do país.

Beira, a cidade portuária capital de Sofala, foi a mais destruída.

O número de mortes, na região, na sexta-feira, 22, era de cerca de 300.

Em Maputo, Hélio Sixpence lidera o movimento “One Love”, que vai juntar, pelo menos 30 artistas, próximo do Mercado do Peixe, no domingo, 24.

Sixpence diz que no evento, o público deverá contribuir com bens que serão canalizados, com apoio de empresas locais, às vítimas no centro do país.

“Estamos a falar de uma catástrofe num país com dificuldades tremendas, que agrava o sofrimento dos que vivem naquela região,” diz Sixpence.

A lista de artistas inclui Xixel Langa, Stewart Sukuma, Frank Paco, Dino Miranda, Milton Gulli, Roberto Chitsondzo, Deltino Guerreiro, Rita Couto e GranMah.

“Nós vamos tentar apoiar o máximo possível”, promete Rui Soeiro, baixista do popular grupo 340 ML, que vai estar presente na sua face de Dub Rui.

Massukos em acção

E Regina Santos, vocalista do GranMah, pede a todos para ajudarem. “Não necessariamente com dinheiro (…) o que puder serve”.

Em Niassa, os elementos do grupo Massukos juntam-se à organização Estamos na recolha de produtos que também serão enviados ao centro do país.

“Vai partir amanhã, sábado (23), o primeiro camião, e no dia 31 teremos um concerto e as pessoas devem trazer produtos, que depois enviaremos”, diz Santos Calisto, líder do grupo.

Chaito, um dos elementos do grupo, acrescenta Calisto, “vive na Beira e perdeu tudo. Estou chocado”.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati