Moçambique inicia luto nacional em homenagem às vítimas do ciclone Idai

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

20 de março de 2019

Moçambique cumpre hoje o primeiro de três dias de luto nacional em homenagem às vítimas do ciclone Idai, que devastou a cidade portuária da Beira, região centro.

Até agora, mais de 200 pessoas morreram, na região, mas equipas de emergência procuram mais corpos. Mais de 1400 estão feridas.

Em Manica e Sofala, várias equipas de emergência procuram salvar milhares de pessoas isoladas em localidades inundadas e com vias bloqueadas.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância estima que 260 mil crianças correm risco de morte.

O impacto do Idai é também sentido nas províncias de Inhambane, Tete e Zambézia.

Segundo dados preliminares, o Idai destruiu, pelo menos, 23 mil casas, 30 unidades hospitalares e 507 salas de aulas.

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, disse, esta semana, que o número de vítimas pode atingir mil.

Foi perante esse cenário que o governo de Moçambique decretou, na terça-feira, 18, luto nacional e emergência nacional.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati