Alerta para Moçambique: Há mais chuvas a caminho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

21 de março de 2019

Autoridades moçambicanas reforçam o aviso para que todos os que estão nas zonas consideradas de risco possam refugiar-se, imediatamente, em áreas mais seguras.

Em causa, as fortes chuvas no Zimbabwe e noutros países vizinhos, bem como na região centro de Moçambique, onde rios, com destaque para o Búzi, Púnguè e Zambeze, apresentam caudais com níveis muito elevados.

Ainda há vastas zonas alagadas e às quais o acesso, por estrada, não se consegue fazer. À medida que as águas vão baixando, mais corpos de vítimas do ciclone Idai vão sendo encontrados.

Messias Macie, Director Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, diz que somente “daqui a algumas semanas é que se poderá saber com mais certeza quantas pessoas terão perdido a vida em consequência desta calamidade”.

O alerta mantém-se também na zona sul com o Instituto Nacional de Meteorologia (INM) volta a avisar que as províncias de Maputo, Gaza e Inhambane vão ser afectadas por chuvas fortes, ventos com rajadas e trovoadas.

“Há bairros da cidade de Maputo que poderão ficar inundados”, alerta Mussa Mustafa, director-geral adjunto do INM, a confirmar que a cidade de Maputo e as outras províncias do sul de Moçambique vão ser atingidas por um mau tempo a partir da noite desta quinta-feira, 21.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati