Alerta para Moçambique: Há mais chuvas a caminho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

21 de março de 2019

Autoridades moçambicanas reforçam o aviso para que todos os que estão nas zonas consideradas de risco possam refugiar-se, imediatamente, em áreas mais seguras.

Em causa, as fortes chuvas no Zimbabwe e noutros países vizinhos, bem como na região centro de Moçambique, onde rios, com destaque para o Búzi, Púnguè e Zambeze, apresentam caudais com níveis muito elevados.

Ainda há vastas zonas alagadas e às quais o acesso, por estrada, não se consegue fazer. À medida que as águas vão baixando, mais corpos de vítimas do ciclone Idai vão sendo encontrados.

Messias Macie, Director Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, diz que somente “daqui a algumas semanas é que se poderá saber com mais certeza quantas pessoas terão perdido a vida em consequência desta calamidade”.

O alerta mantém-se também na zona sul com o Instituto Nacional de Meteorologia (INM) volta a avisar que as províncias de Maputo, Gaza e Inhambane vão ser afectadas por chuvas fortes, ventos com rajadas e trovoadas.

“Há bairros da cidade de Maputo que poderão ficar inundados”, alerta Mussa Mustafa, director-geral adjunto do INM, a confirmar que a cidade de Maputo e as outras províncias do sul de Moçambique vão ser atingidas por um mau tempo a partir da noite desta quinta-feira, 21.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati