ONU pede 40 milhões de dólares para ajuda a Moçambique

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

19 de março de 2019

O Programa Mundial da Alimentação (PMA) das Nações Unidas, pediu 40 milhões de dólares para ajudar Moçambique, numa primeira fase, a fazer frente às consequências da passagem do ciclone Idai na semana passada, que deixou cerca de 90 por cento da segunda maior cidade do país destruída, centenas de mortos e milhares de desabrigados.

“Fizemos um apelo temporário por volta de 40 milhões de dólares, mas provavelmente vai aumentar por causa da segunda leva de cheias que infelizmente està a assolar o centro do país", disse a representante do PMA em Moçambique, Karin Manente, à ONU News, adiantando que a agência está a prestar apoio logístico no local.

Com apoio de vários governos, nós estamos a trabalhar na área da comunicação, temos já no centro de operação na Beira, à conexão “wi-fi”, numa primeira fase limitada, mas será ampliada. Temos técnicos de Luxemburgo que estão a trazer o satélite portátil que será colocado para ampliar a rede de comunicação, e isso é muito importante para governo e para nós parceiros, na troca de informação, planificação e priorização.

acrescentou Karin Manente.

Outras organizações como OIM e Unicef estão a proporcionar abrigo, medicamentos. O Governo moçambicano confirmou a morte de 84 pessoas, mas o número poderá subir para cerca de mil de acordo com o Presidente Filipe Nyusi, ontem. Nos próximos dias, o plano do PMA é ajudar 22 mil pessoas em áreas de difícil acesso.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati