Ciclone Idai matou 48 pessoas em Moçambique e 39 no Zimbabwe

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

17 de março de 2019

Pelo menos 48 pessoas morreram em Moçambique e 39 outras no Zimbabwe na tempestade causada pelo ciclone Idai, disseram fontes oficiais e meios de informação.

Dezenas de outras pessoas estão dadas como desaparecidas.

Em Moçambique a cidade da Beira foi particularmente afectada e segundo fontes locais foi devastada pelos ventos e chuva.

A cidade, a segunda maior de Moçambique, está sem electricidade e fornecimento de água. Outras zonas da província de Manica estão na mesma situação.

No Zimbabwe um porta-voz disse que a maior parte dos 39 mortos ocorreu no bairro de Ngangu na cidade de Chimanimani onde mais de 100 casas foram destruídas.

A ONU disse que no Zimbabwe mais de 100 pessoas estão dadas como desaparecidas acrescentando que em Moçambique o numero de pessoas afectadas no centro e norte do país poderá ascender a 600.000, sendo grande parte deles crianças.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati