Página principal

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A fonte de Notícias livre que todos podem editar.
03h47min (UTC) sábado, 5 de setembro de 2015
9 666 notícias em Português
Bem-Vindo · Ajuda · Como registrar-se · Propor uma notícia · Redação · Estatísticas

Predefinição:Notícia em destaque Notícia em destaque

Dirceu137253.jpg

Operação Pixuleco: Polícia Federal no Brasil prende sete, entre eles, José Dirceu

O ex-ministro da Casa Civil e deputado cassado José Dirceu e homem forte no Governo Lula (2003-11) foi preso hoje (na segunda-feira, dia 3) em Brasília (no Distrito Federal) pela Polícia Federal (PF) e levado na sede da PF. Dirceu foi preso na nova fase da Operação do Lava Jato (a 17ª desde março do ano passado), que investiga o esquema bilionário de corrupção no país que envolve a Petrobras que começou no Governo Lula. A 17ª Fase da Operação Lava Jato é denominada Pixuleco, em alusão ao termo utilizado pelos acusados para denominar a propina recebida em contratos.

Cerca de 200 policiais federais cumprem 40 mandados judiciais, sendo 26 de busca e apreensão, três de prisão preventiva, cinco de prisão temporária e seis de condução coercitiva, em Brasília e nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. Foram decretadas ainda, a partir de representação da autoridade policial que preside os inquéritos policiais, medidas de sequestro de imóveis e bloqueio de ativos financeiros.

A Polícia Federal também prendeu Luiz Eduardo, irmão de Dirceu, em Ribeirão Preto. Preso temporariamente, Luiz Eduardo é apontado pela PF como laranja do ex-ministro e responsável por receber recursos de empreiteiras com contratos com a Petrobras, mesmo depois de deflagrada a Operação Lava Jato.

A atual fase da operação se concentra no cumprimento de medidas cautelares em relação a pagadores e recebedores de vantagens indevidas. Entre os crimes investigados estão corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Os presos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde permanecerão à disposição da 13ª Vara da Justiça Federal.

O antigo ministro do Governo Lula estava cumprindo prisão domiciliar após condenação na Ação Penal 470, o chamado de Processo do Mensalão, no momento da prisão, pelo seu papel central no Escândalo do Mensalão, em que foram desviados 50 milhões de reais a favor do Partido dos Trabalhadores (PT), no poder desde 2003, seus dirigentes e políticos de outros partidos aliados e empresas. Hoje, o PT insiste a tese absurda, inclusive o próprio Luiz Inácio Lula da Silva, de que não houve pagamento de suborno e que por isso, o Mensalão não existiu, já que o julgamento contra dirigentes do PT fora político.

José Dirceu já vinha sendo investigado desde o início do ano (janeiro de 2015) no âmbito da Lava Jato, depois que teve o nome citado devido a pagamentos recebidos pela sua empresa de consultoria JD Assessoria, quando a empresa e o próprio passaram serem citados como uns dos beneficiários do maior escândalo de corrupção que se têm na história recente no Brasil e do mundo. A empresa de consultoria JD Assessoria está desativada devido às acusações graves feitas por donos das empreiteiras que estão presos em que ela foi usada como fachada para receber dinheiro desviado da Petrobras e de ter perdido todos os contratos de empresas que não estão envolvidas com esquema bilionário de corrupção. A Operação Lava Jato investiga esquema de corrupção principalmente na Petrobras, no qual empreiteiras formaram um cartel para conseguirem contratos de obras da empresa pública. Em troca, pagavam subornos a funcionários da empresa, a operadores que lavavam dinheiro do esquema, políticos e partidos.
 » História completa



Predefinição:Últimas notícias Últimas notícias

Últimas Notícias

Em Países Lusófonos

São Tomé e Príncipe

Atualizar Atualizar


Arquivos: setembro 2015 | Meses anteriores

Predefinição:Destaque imagem Ficheiro em destaque

Vitimasviolenciasexual.jpg

Creditos:
Coleta de provas de violência sexual poderá ser feita nos serviços de saúde
 » História completa » Arquivo

Predefinição:Menu da seção Portais do Wikinotícias

World Map Blank.svg

Predefinição:Começar uma notícia Comece uma notícia!

Coloque um título aqui para começar uma nova notícia
Don't speak Portuguese?


Verifique se alguém já não escreveu uma notícia semelhante e procure seguir as nossas políticas de publicação.
Ajuda | Registre-se

Predefinição:Indicadores econômicos Indicadores econômicos


Sábado, 5 de setembro de 2015, 03:46 UTC
4683,92 Perda 49,58 Perda 1,05%
1921,22 Perda 29,91 Perda 1,53%
13 478,31 Perda 118,10 Perda 0,87%
42 742,86 Perda 540,61 Perda 1,25%
5060,77 Lucro 12,08 Lucro 0,24%
17 792,16 Perda 390,23 Perda 2,15%
20 840,61 Perda 94,33 Perda 0,45%
3155,04 Perda 11,58 Perda 0,37%
6042,92 Perda 151,18 Perda 2,44%
10 038,04 Perda 279,80 Perda 2,71%
4523,08 Perda 130,71 Perda 2,81%
8652,35 Perda 123,29 Perda 1,40%
432,94 Perda 11,61 Perda 2,61%
9821,80 Perda 220,60 Perda 2,20%
3398,66 Perda 56,32 Perda 1,63%

Predefinição:ServiçosOutras notícias em destaque

Malawi location map.svg

Moçambicanos fogem para o Malawi

Um número crescente de cidadãos moçambicanos está a chegar ao vizinho Malawi por causa de confrontos entre forças governamentais e da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO). A revelação foi feita pela imprensa do país vizinho, enquanto as autoridades de Moatize dizem que vão investigar.

As autoridades de Moatize, no distrito fronteiriço de Tete, estão a investigar a fuga da população para o vizinho Malawi devido a confrontos militares entre o exército e homens da Renamo. A imprensa malawiana garante que centenas de famílias moçambicanas, incluindo crianças, deixaram o país nos últimos dias.

“Estamos a fazer um levantamento para ver se realmente quem está a fugir para aquele país porque ao que nos apercebemos é que os malawianos é que estão a regressar”, disse Elsa da Barca, administradora de Moatize, adiantando que uma comissão será despachada para aquele país.

A imprensa malawiana avançou esta semana que um alerta de segurança foi activado no distrito de Mwanza, depois de receber 678 moçambicanos, entre as quais 415 crianças, à procura de refúgio no país devido a crescentes hostilidades em Moçambique.
» História completa | » Moçambicanos fogem para o Malawi

Guinea-Bissau location map.svg

Parlamento da Guiné-Bissau suspende imunidade de deputado investigado

O Parlamento da Guiné-Bissau levantou a impunidade do deputado José Dias, do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), no poder, com 56 votos a favor e 33 abstenções para que o parlamentar possa responder um processo em que é investigado.

O presidente do Parlamento guineense, Cipriano Cassamá, elogiou "o sentido de responsabilidade, a dignidade e o respeito" com que os deputados analisaram o processo.
» História completa | » Parlamento da Guiné-Bissau suspende imunidade de deputado investigado

Captain Jose Zamora Induta meets with a US delegation.jpg

Zamora Induta regressa à Guiné-Bissau depois de quatro anos

O antigo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas da Guiné-Bissau, Zamora Induta, regressou nesta terça-feira, 21, ao país proveniente de Portugal, para onde se exilou desde o golpe de Estado militar de 2012.

De acordo com a agência de notícias Lusa, Zamora Induta comunicou ao chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas o seu regresso ao país.
» História completa | » Zamora Induta regressa à Guiné-Bissau depois de quatro anos

Quiz de notícias

Vraagteken.svg

Você sabe qual a percentagem de católicos no mundo?

Descubra o quanto está informado das notícias mundiais, em nosso quiz.

Neste dia no passado da Wikinotícias

Current event marker.svg

Há um mês

Wikinotícias em 5 de agosto de 2015 (Mais...)

Há seis meses

Wikinotícias em 5 de março de 2015 (Mais...)

Há um ano

Wikinotícias em 5 de setembro de 2014 (Mais...)

Há dois anos

Wikinotícias em 5 de setembro de 2013 (Mais...)

Há três anos

Wikinotícias em 5 de setembro de 2012 (Mais...)

Há quatro anos

Wikinotícias em 5 de setembro de 2011 (Mais...)

Há cinco anos

Wikinotícias em 5 de setembro de 2010 (Mais...)

Há dez anos

Wikinotícias em 5 de setembro de 2005 (Mais...)

Wikimedia

Sobre o Wikinotícias

Somos um grupo de voluntários, cuja missão é construir um sitio para apresentar conteúdo actualizado, relevante e jornalístico sem parcialidades.

Todo nosso conteúdo está disponível sobre licença livre para sua redistribuição e utilização, com isso esperamos contribuir para o bem comum da globalização mundial.

O Wikinotícias precisa de você! Queremos criar uma comunidade diversificada, onde pessoas de todas as partes do mundo possam colaborar para se informar acerca de uma ampla variedade de eventos atuais. Se você deseja escrever, publicar ou editar alguma notícia, visite nossa sala de redacção e leia nossa introdução.

Iniciamos nosso trabalho em fevereiro de 2005, e hoje estamos com 9 666 notícias.

Projetos Wikimedia

Wikinotícias em números

Wikinotícias

Wikinotícias com mais de 10.000 notícias:
English (Inglês) · Polska (Polaco) · Викивести (Sérvio) · Français (Francês)
Wikinotícias com mais de 5.000 notícias:
Deutsch (Alemão) · Español (Espanhol) · Italiano · Português
Wikinotícias com mais de 3.000 notícias:
中文 (Chinês) · Català (Catalão)
Wikinotícias com mais de 1.000 notícias:
日本語 (Japonês) · Nederlands (Holandês) · Русский (Russo) · Svenska (Sueco) · עברית (Hebraico)
Wikinotícias com menos de 1.000 notícias:

العربية (Árabe) · Bosanski (Bósnio) · Български (Bulgariano) · Română (Romeno) · ไทย (Thai) · Українська (Ucraniano)

Lista completa e estatísticasComeçar uma nova Wikinews