Equipe do "Pânico na TV" troca RedeTV! pela TV Bandeirantes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Atual logo da Rede Bandeirantes, lançado em 2010.

20 de fevereiro de 2012

Brasil — Após quase nove anos na RedeTV!, a turma do Pânico na TV está em nova rede. Foi anunciado em comunicado oficial na semana passada (quarta-feira, dia 16 de fevereiro) pelo site Band.com.br que toda a turma e a equipe do Pânico na TV deixará a RedeTV! pela TV Bandeirantes.

Na madrugada de quinta-feira da semana passada, foi assinatura de contrato que oficializa a vinda da atração e do elenco completo do programa para a emissora. Segundo o site, a assinatura do elenco acontece após a saída da equipe da RedeTV!, sem no entanto citar a antiga rede.

O diretor-geral de conteúdo da Bandeirante, Diego Guebel, comemora a contratação: "Estamos felizes em receber em nossa grade um programa querido pelo público e de sucesso comprovado.", afirmou.

Emílio Surita, apresentador da atração humorística: "Estamos todos animados com os desafios que essa nova fase vai nos proporcionar.", completou.

Apresentador do Claquete (na Bandeirantes), Otávio Mesquita também comemorou a ida do grupo para o canal: "Estou muito feliz com a vinda deles. São muito talentosos. Para mim, é ótimo estar em uma emissora em que você cruza com os talentos no corredor.", valorizou o apresentador.

O Pânico vai estrear na Bandeirantes junto com a nova programação a partir de 17 de março (no sábado).

Outro Lado

A RedeTV! perdeu o programa e todo o elenco depois de ter atrasado quatro meses de salário deles, inclusive da apresentadora Sabrina Sato, dona de um dos três salários mais altos da emissora, estimados em R$ 150.000 reais. O atraso de pagamento era o mesmo sofrido pelos demais apresentadores e produtores dos programas feitos pela emissora.

“Os demais funcionários vem recebendo salários atrasados e divididos em porcentagem desde setembro. Cerca de 20% do quadro de funcionários já foi reduzido, porque as pessoas cansaram de trabalhar sem receber.”, afirmou produtor da emissora, que pediu não ser identificado.

Notícias Relacionadas

Fontes