EUA condenam violência na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

14 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Os Estados Unidos condenam veementemente a violência na fronteira internacionalmente reconhecida entre a Armênia e o Azerbaijão. Isto é afirmado em um comunicado divulgado na segunda-feira pelo Departamento de Estado.

“Instamos as partes a cessarem imediatamente o uso da força, a usarem as linhas diretas de comunicação existentes para evitar novas escaladas e a observar estritamente o cessar-fogo”, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado, Morgan Ortagus.

“Como co-presidente do Grupo OSCE, os Estados Unidos continuam firmemente comprometidos em ajudar as partes a alcançar um acordo pacífico duradouro para o conflito de Nagorno-Karabakh. Continuaremos a participar ativamente dos esforços para atingir esse objetivo”, enfatiza o documento.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit