Concorrentes do WhatsApp comemoram novos usuários

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet
O aplicativo de mensagens instantâneas Telegram foi usado largamente como uma alternativa ao WhatsApp após seu bloqueio no Brasil.

19 de dezembro de 2015

Os concorrentes do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp Messenger, que foi bloqueado ontem no Brasil por 12 horas, comemoraram o ganho de novos usuários em seus serviços. Um deles, o Telegram, ganhou mais de 5,7 milhões de novos usuários durante o bloqueio. O serviço de mensagens foi criado por Pavel Durov, criador também da rede social VK (o Facebook russo) e possui o seu código-fonte aberto.

Com o boom do Telegram durante o bloqueio, algumas empresas de comunicação, como a sucursal da BBC no Brasil, o jornal carioca Extra e a rádio Mix FM, adotaram o aplicativo para se comunicar e interagir com os seus respectivos públicos.

Mas não foi só o Telegram que ganhou novos usuários. O ICQ, um dos pioneiros em mensagens instantâneas pela internet, também comemorou o ganho de novos usuários no Brasil. O Viber, outro concorrente, também ganhou novos usuários com o bloqueio do WhatsApp. O Facebook, dono do WhatsApp, recomendou aos seus usuários que usassem o Messenger, também de sua propriedade, durante o bloqueio.

Os concorrentes, que possuem alguns recursos que ainda não foram adicionados ao WhatsApp, enfrentaram problemas com o ganho de novos usuários. Até mesmo o envio de mensagens via SMS para a confirmação do número de celular, através do serviço móvel das operadoras de telefonia, sofreu panes e lentidão.

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati