Após bloqueio, desembargador determina desbloqueio do WhatsApp no Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O logotipo do aplicativo de mensagens WhatsApp.

18 de dezembro de 2015

São Paulo — Após o Tribunal de Justiça de São Paulo determinar o bloqueio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp Messenger, o desembargador Xavier de Souza, da 11ª Câmara Criminal do mesmo tribunal, determinou o desbloqueio imediato do aplicativo em todo o território nacional. Os provedores de internet serão notificados hoje mesmo para desbloquearem o acesso ao WhatsApp.

O aplicativo sofreu o bloqueio após não receber um pedido feito pela justiça. O bloqueio foi feito com base na lei do Marco Civil da Internet. O caso se repercutiu na internet, fazendo que o CEO do Facebook (dono do aplicativo), Mark Zuckerberg, e um de seus criadores, Jan Koum, se pronunciassem pelas redes sociais. A operadora de telefonia Oi disse, em comunicado, que entrou com um recurso para desbloquear o aplicativo.

O aplicativo foi desbloqueado pelas operadoras de telefonia a partir das 12h51min de hoje. O tribunal não esclareceu de quem partiu o pedido da liminar, se foi por parte das operadoras de telefonia ou feitas pelo próprio WhatsApp e/ou Facebook.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati