Após bloqueio, desembargador determina desbloqueio do WhatsApp no Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O logotipo do aplicativo de mensagens WhatsApp.

18 de dezembro de 2015

São Paulo — Após o Tribunal de Justiça de São Paulo determinar o bloqueio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp Messenger, o desembargador Xavier de Souza, da 11ª Câmara Criminal do mesmo tribunal, determinou o desbloqueio imediato do aplicativo em todo o território nacional. Os provedores de internet serão notificados hoje mesmo para desbloquearem o acesso ao WhatsApp.

O aplicativo sofreu o bloqueio após não receber um pedido feito pela justiça. O bloqueio foi feito com base na lei do Marco Civil da Internet. O caso se repercutiu na internet, fazendo que o CEO do Facebook (dono do aplicativo), Mark Zuckerberg, e um de seus criadores, Jan Koum, se pronunciassem pelas redes sociais. A operadora de telefonia Oi disse, em comunicado, que entrou com um recurso para desbloquear o aplicativo.

O aplicativo foi desbloqueado pelas operadoras de telefonia a partir das 12h51min de hoje. O tribunal não esclareceu de quem partiu o pedido da liminar, se foi por parte das operadoras de telefonia ou feitas pelo próprio WhatsApp e/ou Facebook.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati