Ucrânia bloqueou diversos sites antes das eleições

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Durante o mês de setembro, a Ucrânia bloqueou diversos sites que tentaram desestabilizar a situação no país às vésperas das eleições locais.

Assim, os ciberespecialistas do Conselho de Segurança da Ucrânia suprimiram as atividades ilegais de um residente de Sumy, que, a pedido de cidadãos da Federação Russa por meio de contas falsas, popularizou a ideia de uma divisão territorial na Ucrânia e um agravamento da situação sociopolítica às vésperas das eleições locais.

Na região de Kherson, outra pessoa espalhou apelos em uma rede social russa para mudar as fronteiras do território de forma inconstitucional. Sobre estes fatos, as ações processuais e investigativas continuam.

Além disso, ciberespecialistas da região de Odessa suprimiram as atividades ilegais de uma loja online, que era utilizada para a venda ilegal de entorpecentes, substâncias psicotrópicas, seus análogos e precursores. Os entorpecentes e equipamentos de informática apreendidos durante as ações foram encaminhados para perícia competente.

Anteriormente, foi relatado que a SBU deseja proibir aqueles que cooperam com a Rússia de votar em 25 de outubro.

Fontes

ru СБУ отчиталась о закрытии перед выборами нескольких сетей пророссийских интернет-агитаторов — RegioNews, 6 de outubro de 2020.

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit