Libertado sob fiança o fundador do Megaupload

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Kim Dotcom.
Foto: Andreas Bohnenstengel/Wikimedia Commons.
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

22 de fevereiro de 2012

Kim Dotcom, o milionário e fundador do Megaupload, um dos sites de download (ou carregamento) mais populares da Internet e que foi fechado pelo FBI, saiu da manhã de 22 de fevereiro (horário local da Nova Zelândia) da prisão em que se encontrava detido após pagar fiança e o juiz determinar que o risco de fuga era mínimo.

A polícia da Nova Zelândia invadiu a casa de Dotcom neste país por ordem dos Estados Unidos e apreendeu várias coisas, em conjunto avaliadas em mais de 30 milhões de dólares.

O FBI segue tentando deportá-lo para os Estados Unidos para enfrentar acusações de pirataria on-line, lavagem de dinheiro ("branqueamento de capital" em Portugal) e outros, assim como os colaboradores Mathias Ortmann, Bran Van der Kolk e Batato Finn.

Fontes[editar]