Islândia reconhece formalmente Estado Palestino com fronteiras de 1967

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Riayd al-Maliki (esquerda) e Össur Skarphéðinsson (direita) na cerimônia em Reykjavík, Islândia. Imagem: Jabbi.

18 de dezembro de 2011

Na quinta-feira (15), seguindo a votação há duas semanas no Parlamento islandês, o governo do país concedeu o reconhecimento formal para o estado de Palestina. O Althingi movimentou a ratificação do reconhecimento da Palestina com fronteiras como antes de 1967 na Guerra dos Seis Dias.

Na votação realizada pelos 63 membros do parlamento, 38 votaram a favor e 13 se abstiveram. De passagem da resolução da Islândia tornou-se o primeiro Estado ocidental europeu a reconhecer formalmente o Estado palestino. No final de novembro, Chipre similamente reconheceu Palestina com fronteiras de 1967.

O movimento do governo islandês vem como Estados europeus como França, Espanha e Irlanda têm havido atualizado suas missões de países palestinos para completa embaixadas recentemente.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com