Furacão Delta atinge México com ventos de 170km/h

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de outubro de 2020

Delta no meio desta manhã em imagens do satélite do NOAA

Alfa, Beta, Gama e Delta: estas já são as letras do alfabeto grego usadas este ano para nomear fenômenos importantes - os que alcançam ventos de 60km/h - durante a Temporada de furacões no oceano Atlântico de 2020. E mais especificamente, Delta é um furacão que hoje de madrugada atingiu a costa mexicana, principalmente o Nordeste da Península de Yucatán, incluindo a cidade turística de Cancún, com ventos sustentados de cerca de 170km/h, alcançando a Categoria 2 - ontem ele chegou a ser classificado como Categoria 4.

O NHC-NOAA ainda nesta manhã emitiu em seu Aviso 11A um alerta de perigo de morte para toda região. Mas especificamente o aviso dizia que havia um aviso de furacão em vigor para a área entre Tulum e Dzilam e para a região de Cozumel, no México; e de tempestade tropical para a região de Punta Herrero a Tulum e de Dzilam a Progreso, também no México; e para a província de Pinar del Rio, Cuba,

Temporada intensa

Vinte e seis (26) tempestades já foram nomeadas na temporada deste ano, numa temporada considerada "intensa". Segundo o website especializado Metsul, "o furacão Delta foi o terceiro a atingir categoria 4 neste ano até agora no Atlântico, junto com Laura e Teddy. Este 2020 é o sétimo ano da era de satélites (desde 1966) a ter três ou quatro mais furacões de categoria 4 ou 5 no Atlântico até o dia 6 de outubro. Antes, isso somente havia ocorrido nas temporadas de 1995, 1999, 2004, 2005, 2010 e 2017".


Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com