YouTube suspende rede dos EUA por desinformação

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Uma rede dos Estados Unidos foi suspensa do YouTube por uma semana por causa de um vídeo que a plataforma de mídia social diz que violou sua política de desinformação sobre coronavírus.

Na terça-feira, o conservador One America News Network (OAN) foi suspenso de enviar vídeos e transmissões ao vivo para o YouTube por uma semana. A plataforma, de propriedade do Google, também suspendeu a OAN de seu Programa de Parceiros, que permite que os canais ganhem dinheiro por meio de publicidade e assinaturas.

A suspensão foi imposta por um vídeo que o YouTube determinou que violava suas regras sobre a pandemia, que incluem não compartilhar informações incorretas sobre tratamentos do vírus.

“Desde o início desta pandemia, trabalhamos para evitar a disseminação de desinformação prejudicial associada ao COVID-19 no YouTube”, disse Ivy Choi, porta-voz do YouTube, em um comunicado compartilhado com a VOA. “Após uma análise cuidadosa, removemos um vídeo da OAN e emitimos um aviso no canal por violar nossa política de desinformação COVID-19, que proíbe conteúdo alegando que há cura garantida.”

O YouTube não disse diretamente o que o vídeo mostrava.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com