Vazam dados de mais de 40 milhões de usuários do Telegram

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de junho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Navegação Internet
Outras notícias sobre Internet

Um banco de dados com informações sobre vários milhões de usuários do Telegram vazou. O arquivo de 900 megabytes contém identificadores de usuário e números de telefone, informou o portal da Durov Code.

As capturas de tela do portal mostram que o arquivo contém informações sobre mais de 40 milhões de pessoas. Os editores da publicação verificaram o arquivo e encontraram o número de seus funcionários.

O serviço de imprensa do aplicativo disse que essas informações são coletadas através da função interna de importar contatos. A empresa garantiu que a maioria das contas divulgadas não são ativas. Mais de 84% dos dados foram coletados até meados de 2019. Quase 70% das contas são de usuários do Irã e 30% da Rússia.

No verão de 2019, a configuração "Quem pode me adicionar aos contatos por número de telefone" apareceu no Telegram. De acordo com o serviço de imprensa, dificulta aos usuários o uso do aplicativo (eles se tornam "invisíveis" mesmo para quem sabe seu número), mas permite que "dissidentes e ativistas de protesto ocultem completamente a conexão entre sua conta e número de telefone".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com