Sequestram e assassinam o deputado do PRI no México

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de setembro de 2014

México

Gabriel Gómez Michel, deputado federal pelo Partido Revolucionário Institucional (PRI), originário de Jalisco e 49 anos de idade, foi encontrado sem vida ontem (terça-feira) após ser sequestrado na segunda-feira passado. De acordo com a CNN México, Gómez Michel foi privado de sua liberdade, enquanto viaja em seu caminhonete junto seu assistente no município de Tlaquepaque. No entanto, horas depois da madrugada de terça-feira, foi encontrado o veículo, uma Suburban, com dois corpos carbonizados.

"No interior apreciam dois corpos e as placas da mesma correspondem ao veículo do deputado que foi privado da liberdade", informou Luis Carlos Nájera, procurador-geral de Jalisco. Um vídeo sobre o evento foi difundido, em que observa-se dois homens descerem de uma caminhonete branco e apontando pistolas contra o veículo do deputado priista.

A Promotoria disse que os assaltantes não solicitaram resgate e todavia não há linhas claras de investigação. Os conhecidos de Gomez Michel afirmam que ele não havia recebido ameaças e não tinha "inimigos óbvio" que lhe "desejaram à morte", diz o El País. As autoridades de Jalisco e Zacatecas, estado onde se encontrou caminhonete "totalmente queimada", realizam estudos de DNA (ou ADN) para determinar se trata Gómez Michel e seu assistente.

Por outro lado, Manlio Fabio Beltrones, coordenador dos priistas no Congresso, declarou: "Sentimos uma enorme indignação ao conhecer este lamentável incidente que chega a ser criminal. O assassinato de um deputado federal não pode passar despercebido". Gabriel Gómez Michel se graduou em 1990 em médico cirurgião e obstetra da Universidade de Guadalajara, especializando-se em pediatria pela Nuevo Hospital Civil de Guadalajara, entre 2010 e 2012, trabalhou como presidente municipal de El Grullo e mais tarde foi eleito por maioria relativa deputado federal do distrito 18 de Jalisco.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati