Organização do Rio 2016 é a pior da história, afirma o COI

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de abril de 2014

Sydney ( Austrália ) - John Coates, vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), disse terça-feira que os preparativos para os Jogos Olímpicos de 2016 é "o pior" por causa dos atrasos graves, uma situação que está começando a preocupar o organização olímpica. Coates disse que a situação é pior do que a registada em Atenas 2004 .

No Fórum Olímpico realizada neste dia, em Sydney , Austrália , o vice-presidente estava "muito preocupado" com o que está acontecendo no Rio, porque "eles não estão preparados em muitas, muitas maneiras." No entanto, "nenhum plano B" para que o COI vai procurar desesperadamente para ir em frente com o evento. Por esta razão, o COI tomou uma decisão "sem precedentes" lugar alguns dos seus peritos na Comissão Organizadora.

Em Atenas , estávamos lidando com o governo e alguns oficiais da cidade. Aqui estão três. Não é pouca coordenação entre o governo federal, o governo do estado e da cidade, que é responsável por grande parte da construção.

Coates

A organização do Rio 2016, os primeiros Jogos Olímpicos na América do Sul tem sido "atormentado por atrasos, aumento de custos e falta de comunicação entre os diferentes níveis de o governo brasileiro e os organizadores". A crítica do COI se juntou às federações desportivas internacionais .

Eduardo Paes , prefeito da cidade, disse que a cidade "tem de aceitar as críticas e trabalhar duro". Atrasos nas obras de infra-estrutura, a poluição da água na sede de eventos aquáticos e alguns "problemas sociais" são os principais problemas do Rio.

Brasil também enfrenta os preparativos para a Copa do Mundo , a começar no próximo 12 de junho. Enquanto isso, a FIFA disse que não sabe a quantidade de bilhetes/ingressos disponíveis para o evento, em Além de "esperar que os 12 distritos estavam prontos em dezembro de 2013, no entanto, apenas seis usados na Copa das Confederações FIFA de 2013 foram concluídas dentro do prazo".

Notícias Relacionadas[editar]