Comitê Olímpico Internacional pressiona o Rio 2016

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de fevereiro de 2014

Sochi ( Rússia ) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) tem aumentado a pressão sobre os Jogos Olímpicos de 2016 , dizendo que a cidade "não tem tempo a perder" e deve ganhar o público brasileiro. Este anuncio vem dias depois, quando foi anunciado um grande aumento no orçamento dos Jogos e advertiu atrasos significativos na construção dos locais .

A Comissão Organizadora deve começar a construção da segunda Parque Olímpico de Deodoro . Nawal El Moutawakel , chefe da Comissão de Coordenação do COI, disse que ainda há questões pendentes relativas apoio do governo. O COI também alertou que isso é necessário para manter estes jogos sob "supervisão constante e colaboração."

A Comissão criticou as preparações quando Carlos Arthur Nuzman , presidente do Comitê Organizador, foi questionada por atrasos. Durante meses, os organizadores publicado o orçamento dos Jogos, embora o Rio ser a casa desde 2009. Em adição a estes problemas, os organizadores têm que enfrentar as "consequências dos protestos sobre a utilização de fundos para grandes eventos, como o Mundial do futebol ", porque desde o início deste ano retomou manifestações contra gastos excessivos da Copa do mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016.

Temos de fazer um grande esforço para se comunicar sempre que possível, para iniciar um diálogo [...] Há uma boa história para contar e Rio precisa dizer às pessoas para melhorar o suporte [...] Temos de voltar ao trabalho, não tempo para perder.

Thomas Bach , presidente do COI

Notícias Relacionadas