Motim no Penal do Topo Chico de Monterrey, México

Monterrey, México • 11 de fevereiro de 2016

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Na madrugada de ontem, um motim dentro do Penal do Topo Chico, na cidade de Monterrey, México, matou 52 pessoas e deixou 12 feridos, segundo o relatório do Procurador-Geral de Nuevo León.

De acordo com o relatório oficial se tratava de um confronto entre os líderes do cartel do Zetas e o Cartel do Golfo. Pelo cartel Zetas foi Juan Pedro Saldivar Farias, alcunha "Z-27", e pelo Cartel do Golfo foi Jorge Cantu Ivan Hernandez, conhecido como "El Comandante Credo".

O governador de Nuevo León informou que durante a discussão atear fogo a um armazém onde os alimentos são armazenados. Ele disse que as autoridades controlado a situação e que nenhum prisioneiro escapou.

Alguns meios de comunicação locais estão dando a lista de mortos e feridos, mas falta confirmar com as autoridades competentes.

Fontes