Motim no Penal do Topo Chico de Monterrey, México

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de fevereiro de 2016

Monterrey, México — Na madrugada de ontem, um motim dentro do Penal do Topo Chico, na cidade de Monterrey, México, matou 52 pessoas e deixou 12 feridos, segundo o relatório do Procurador-Geral de Nuevo León.

De acordo com o relatório oficial se tratava de um confronto entre os líderes do cartel do Zetas e o Cartel do Golfo. Pelo cartel Zetas foi Juan Pedro Saldivar Farias, alcunha "Z-27", e pelo Cartel do Golfo foi Jorge Cantu Ivan Hernandez, conhecido como "El Comandante Credo".

O governador de Nuevo León informou que durante a discussão atear fogo a um armazém onde os alimentos são armazenados. Ele disse que as autoridades controlado a situação e que nenhum prisioneiro escapou.

Alguns meios de comunicação locais estão dando a lista de mortos e feridos, mas falta confirmar com as autoridades competentes.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati