Morreu o arcipreste Dmitry Smirnov

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de outubro de 2020

Aos 70 anos, o arcipreste Dimitri Smirnov. O anúncio foi feito por Vasily Rulinsky, secretário de imprensa do Departamento Sinodal para a Caridade e Serviço Social.

Smirnov foi hospitalizado em maio com coronavírus. Uma semana antes, em um sermão, ele chamou a COVID-19 de "extremamente benéfico".

Em agosto, por motivos de saúde, o arcipreste foi transferido do cargo de presidente da Comissão Patriarcal para a Família, Proteção da Maternidade e da Infância para presidente honorário.

Ele foi hospitalizado em setembro. O arcipreste é lembrado por suas declarações polêmicas.

Smirnov aprovou que um dos paroquianos não deixasse sua filha de sete anos de idade ir à escola para cuidar de um recém-nascido. Ele acreditava que os pais deveriam escolher o futuro cônjuge para uma garota, e que a teoria de Darwin não é científica.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com