Morre aos 74 anos, o transformista brasileiro Rogéria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rogéria em 2015

5 de setembro de 2017

Morre a artista Rogéria, em decorrência de uma infecção generalizada, por volta das 22h desta segunda-feira, aos 74 anos. Ela já estava internada há um mês no Hospital da Unimed-Rio, na Barra, segundo a amiga Jane Di Castro, para tratar um quadro de infecção urinária. Chegou a ter alta no último dia 25, mas voltou para o hospital ao se sentir mal novamente.

O velório de Rogéria acontecerá no Teatro João Caetano, no Centro do Rio: das 11h até as 13h para parentes e amigos, e das 13h às 18h para os fãs que quiserem prestar a última homenagem à artista. Rogéria será sepultada no município de Cantagalo. As informações foram postadas pela atriz Leandra Leal em sua página numa rede social.

Convivendo com atores na TV Rio, se sentiu estimulado a interpretar e estreou nos palcos em maio de 1964, em um show de travestis na Galeria Alaska, então reduto gay de Copacabana. Atuou em dezenas de shows, peças teatrais e programas de televisão, muitas vezes como jurada nos programas de Chacrinha, Luciano Huck e outros apresentadores, e participou de 11 filmes brasileiros.

O corpo de Rogéria foi velado no Teatro João Caetano no centro do Rio de Janeiro. Nas duas primeiras horas, a cerimônia foi fechada para parentes e amigos e em seguida, das 13 às 18 horas, o acesso foi aberto ao público. O enterro está marcado para amanhã (6), no município de Cantagalo, no norte Fluminense.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com