Mail On Sunday terá que publicar em 1ª página que perdeu processo para Meghan Markle

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Mail on Sunday sofreu outra derrota nos tribunais hoje, a segunda em questão de um mês, e terá que publicar na primeira página uma declaração sobre o processo que perdeu para Meghan Markle, Duquesa de Sussex, que acusou o jornal de violação de direitos autorais. Na página três também deve ser publicada uma matéria sobre o assunto.

Além disto, o portal MailOnline também deverá publicar uma matéria durante uma semana, com um link para o documento oficial sobre a decisão emitida pelo juiz Lord Justice Warby.

O caso foi parar nos tribunais em meados de 2019, meses após o tabloide ter publicado uma carta que Meghan havia enviado a seu pai, Thomas Markle, pouco antes de seu casamento com o Príncipe Harry do Reino Unido em maio de 2018. Em fevereiro passado, o juiz Warby já havia sentenciado que a publicação havia sido ilegal.

Nesta época, as relações familiares entre os dois andavam estremecidas após Thomas ter dado algumas entrevistas a tabloides britânicos, que passaram a acusar a Duquesa de ter abandonado seu genitor, o que ela sempre negou e fez questão, inclusive, de lembrar ao pai na carta.

O Mail on Sunday pertence ao grupo Associated Newspapers Ltd (ANL), que também publica o tablóide mais lido do Reino Unido, o Daily Mail.

Notícias recentes sobre Meghan e Harry

Os Duques estão no centro de uma polêmica devido a uma entrevista gravada há três semanas para o Oprah Winfrey Show e que irá ao ar nos Estados Unidos neste dia 07. A muito esperada entrevista, creem alguns, deverá fazer tremer as colunas do Palácio de Buckingham, uma vez que muitos esperam que Meghan dê detalhes sobre sua conturbada época de trabalho com a Família Real britânica.

A entrevista provocou uma disputa entre TVs da Europa e, principalmente, do Reino Unido, sobre os direitos de re-exibição. No Reino Unido, por fim, ela irá ao ar no dia 08 pela ITV e na França pela TMC.

Outras polêmicas envolvendo o casal são que muitos acreditam que a transmissão da entrevista deva ser adiada devido a saúde fragilizada do avô de Harry, Philp, que está internado desde o dia 16 de fevereiro e que anteontem, não tão casualmente, segundo alguns, três pessoas que trabalharam com a Duquesa no Palácio de Kensington a acusaram de bullying, acusações que fizeram o Palácio de Buckingham abrir uma investigação interna na área de Recursos Humanos.

Notícias Relacionadas

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit