Príncipe Harry e Meghan processam imprensa britânica por “mentiras”

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

01 de outubro de 2019

Harry e Meghan em 2017

O Príncipe Harry e sua esposa, a ex-atriz Meghan Markle, anunciaram hoje, após terminarem uma visita de 10 dias à Africa, que estão processando judicialmente o jornal The Mail on Sunday e outros veículos de imprensa da Associated Newspapers por “mentira após mentira”. O anúncio foi divulgado no site oficial do casal, o “sussexofficial.uk”.

A ação se baseia principalmente na divulgação de uma carta enviada por Meghan a seu pai em meados de 2018, o que segundo os advogados do Duque e da Duquesa de Sussex descumpre a Lei de Proteção de Dados 2018.

Guerra à imprensa

Desde que o namoro do casal se tornou público, Meghan vem sofrendo perseguição, incluindo ofensas raciais, que o Príncipe agora chamou de “campanha falsa e maliciosa”. O Palácio de Buckhingham já havia emitido um anúncio em novembro de 2016 pedindo respeito à privacidade da então ainda atriz.

Archie, o filho do casal, também já foi vítima de racismo, tendo sido comparado a um chimpanzé pelo radialista Danny Baker da BBC, depois demitido devido ao comentário.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit