Governadores pedem reunião com Bolsonaro para diminuir tensão entre poderes

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de agosto de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Representantes de 24 estados e do Distrito Federal se reuniram nesta segunda-feira (23) e decidiram solicitar uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro, na tentativa de diminuir a tensão entre poderes, e notificaram o governador e coordenador do Fórum do Governador do Piauí, Wellington Dias.

A reunião do Fórum Nacional de Governadores foi realizada três dias depois que o presidente Jair Bolsonaro pediu ao ministro Alexandre de Moraes o impeachment do Supremo Tribunal Federal (STF). A Polícia Federal lançou nesta sexta-feira (20) operação para apurar incitamento à violência e ameaças à democracia.

Os gestores informaram, ainda, que estão preparando uma carta aos titulares da Câmara dos Deputados, do Senado e do STF com o objetivo de marcar reuniões com o objetivo de reduzir a instabilidade política e encaminhar as pautas de interesse dos estados.

Após a reunião, Wellington Dias afirmou que os governadores defendem a sua posição ímpar de defesa da democracia e de respeito pela constituição e pelas leis. Segundo Dias, isso é feito para evitar que investidores saiam do país.

O objetivo é demonstrar a importância de o Brasil ter um ambiente de paz, um ambiente de serenidade, um ambiente em que possamos garantir nessa forma de valorização da democracia, da Constituição, da lei, mas, principalmente, criar um ambiente de confiança, que permita a atração de investimentos, a geração de emprego e renda

— falou Dias

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit