Google bloqueará conspiração sobre COVID-19

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Google banirá anúncios que promovam teorias da conspiração em torno do coronavírus. As regras entrarão em vigor no dia 18 de agosto. A empresa observou que a nova política afetará páginas que contradizem o "consenso científico oficial".

No entanto, essas medidas não se aplicarão a páginas que abordem teorias da conspiração não relacionadas a COVID-19. “Estamos introduzindo medidas adicionais, expandindo nossa política de proteção contra efeitos nocivos à saúde. Bloquearemos conteúdo perigoso sobre a crise no setor de saúde, por exemplo, que contradiga o consenso científico”, disse um porta-voz do Google.

Anteriormente, o Google adicionou vários novos recursos ao seu serviço de mapeamento, fornecendo aos usuários como a pandemia afetou as viagens e trânsito.

Em abril, o Google alertou que a pandemia levou a uma explosão de ataques de phishing, na qual criminosos tentam induzir os usuários a revelar dados pessoais. A empresa disse que bloqueia mais de 100 milhões de e-mails de phishing por dia. Quase um quinto deles eram e-mails fraudulentos sobre coronavírus.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit