Distúrbios, roubos e feridos após o rebaixamento do América de Cali

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

18 de dezembro de 2011

Santiago de Cali, Colômbia — Graves distúrbios se apresentaram nas zonas perto do Estadio Olímpico Pascual Guerrero de Cali momentos depois da partida entre entre o América e Patriotas Fútbol Club, onde a equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT), da capital do Valle perdeu a categoria (equivalente ao primeiro turno colombiano) ao perder contra equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT) visitante. Enquanto as pessoas que assistiram no estádio abandonaram o lugar, muitos fãs da equipe(PT-BR) ou equipa(PT-PT) "escarlata" ("escarlate" em português) ingressaram violentamente ao campo de futebol com a intenção de agredir os jogadores, a força policial presente não conseguiram conter a maré de torcedores raivosos e obrigaram a que tanto jogadores e comissão técnica tiveram que se abrigar nos vestiários, onde os torcedores tentaram chegar, mas felizmente sem êxito.

A situação afora do estádio foi ainda mais crítica, onde centenas de torcedores enfrentaram contra a força polícial e além de causar danos e roubos em mais de 17 locales comerciales (ou lojas), os danos materiais ainda não estão contabilizados. O saldo total relatado pelas autoridades é de 169 carros danificados, entre os que se encontravam 10 ônibus(PT-BR) ou autocarros(PT-PT) ou machimbombo(PT-AN e PT-MO) ou toca-toca e otocarro(PT-GB) do Masivo Integrado de Occidente (MIO) (sistema de transporte coletivo na cidade de Cali), 12 pessoas feridas, algumas delas de gravidade que tiveram que ser atendidas com urgência no Hospital Universitário del Valle (anexo ao Universidade do Valle), 1 estação do MIO danificada e 20 pessoas capturadas pela polícia.

Segundo o prefeito, Jorge Iván Ospina, as pessoas capturadas serão duramente judicializadas, também pediu aos fãs do América "conduta" para afrontar duros momentos que atravessa a equipe.

Citação: Es una situación triste, pero la hinchada americana debe ser fuerte para sacar de nuevo el equipo a la primera división del rentado colombiano y guardar la cordura porque una decepción no puede transformarse en vandalismo.
(É uma situação triste, espero a torcida americana deve ser forte para sanar de novo a equpe à primeira divisão do alugado colombiano e guardar a conduta porque uma decepção não pode se transformar em vandalismo.) escreveu: «Jorge Iván Ospina»

Notícia Relacionada[editar]

Fontes[editar]

Reportagem original
Esta notícia contém reportagem original de um Wikicolaborador.

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati