Covid-19: polícia belga usa água e gás lacrimogênio para dispersar manifestantes

6 de dezembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A polícia da Bélgica dispersou ontem um grupo de cerca de 100 manifestantes usando canhões de água e gás lacrimogêneo, reporta a VOA News. As manifestações contra as novas medidas para conter a pandemia de covid-19 no país começaram pacíficas e a maioria das pessoas já havia se dispersado quando um grupo começou a jogar objetos contra os policiais que faziam uma barricada em frente à sede da União Europeia em Bruxelas.

As novas medidas foram anunciadas na sexta-feira passada e incluem o fechamento, uma semana antes do previsto, de creches e escolas primárias. Crianças a partir dos 6 anos de idade também passarão a ter que usar máscaras e eventos em locais fechados passam a ser permitidos para no máximo 200 pessoas. Nas semanas anteriores, o governo já havia decidido pelo fechamento de danceterias e ordenado que bares e restaurantes fechassem às 23h por três semanas.

Milhares de pessoas rejeitaram as novas medidas anunciadas e ontem protestaram carregando faixas com frases como "Liberdade! Liberdade!" e "Unidos pela nossa liberdade, direitos e nossos filhos".

De acordo com os últimos dados, quase 18 mil novos casos diários foram relatados no país (veja aqui) na semana passada, um aumento de 6% em relação à semana anterior. As internações hospitalares aumentaram 4% e o tratamento de pacientes com outras doenças graves tem sido afetado, reporta a VOA.

Mais de 27.000 pessoas já morreram de covid-19 na Bélgica desde o início da pandemia em 2020, mas atualmente a média móvel diária de mortes se mantém em torno de 40, quando nas ondas anteriores chegava a 280 (veja aqui).

Notícias Relacionadas

Fontes

((en)) Coronavirus Belgium — Worldometer, 6 de dezembro de 2021, 12:33 GMT   ((en)) Belgian Police Use Water, Tear Gas on COVID Protesters — VOA, 5 de dezembro de 2021