Coronavírus: brasileiros voltam ao Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

9 de fevereiro de 2020

Os dois aviões da FAB (Força Aéria Brasileira) que haviam partido para a China na quarta-feira, voltaram hoje de manhã cedo ao Brasil e pousaram na base militar de Anápolis, em Goiás, onde os 34 brasileiros que pediram para se repatriados ficarão em quarentena por 18 dias. A medida é necessária para se afastar qualquer indício de contaminação pelo coronavírus 2019-nCov, que já matou mais de 800 pessoas no país asiático, mais que a SARS no início dos anos 2000.

Os brasileiros haviam começado uma campanha no domingo passado, pedindo "resgate", mas inicialmente o presidente Jair Bolsonaro havia dito que seria uma "irresponsabilidade" trazê-los de volta da cidade de Wuhan, epicentro da epidemia, sem ter a garantia de que eles ficariam em quarentena, já que não há no Brasil uma lei que os obrigue a isto. No entanto, ainda no final de domingo, o governo anunciou que fretaria dois aviões e traria os brasileiros de volta durante a semana.

Os últimos números da epidemia

  • 812 mortos na China
  • 6.188 pacientes em estado grave na China
  • 37.251 contaminados na China
  • 37.558 casos confirmados em todo mundo
  • 26 casos suspeitos já descartados no Brasil

Notícias Relacionadas

Coronavírus: brasileiros pedem para ser resgatados

Coronavírus: aviões decolam rumo à China para buscar brasileiros

Fontes

Brasileiros que estavam em epicentro de surto do coronavírus iniciam quarentena em Anápolis, Reuters, 09 de fevereiro de 2020.

Novel Coronavirus (2019-nCoV) situation reports, Situation report - 20, WHO, 09 de fevereiro de 2020.

Brasil investiga 8 casos suspeitos do novo coronavírus, Minsitério da Saúde, 07 de fevereiro de 2020.

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com