Cantora Helen Reddy morre em uma casa de repouso

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A famosa compositora e cantora "ícone feminista" Helen Reddy morreu em uma casa de repouso em Los Angeles. Seus filhos, Tracy e Jordan, relataram as informações na página oficial da artista no Facebook. Ela possuía 78 anos.

A causa da morte não foi especificada, mas em 2015, Reddy foi diagnosticada com demência senil. Por essa razão, ela foi levada para um asilo.

Helen Reddy nasceu em 1941 em Melbourne, Austrália, em uma família de atores. Aos 24 anos, com uma criança de três anos, ela se mudou para Nova Iorque. Seu primeiro álbum foi lançado em 1971.

Reddy é considerada um ícone do feminismo por sua canção "I Am Woman". Entre as premiações, ela ganhou um Grammy e uma indicação ao Globo de Ouro.

Fontes

ru Американская певица-феминистка Хелен Редди умерла в доме престарелыхRewizor, 1 de outubro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com