Cantor guineense Mory Kanté morre

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de maio de 2020

Mory Kanté em 2019

Mory Kanté, cantor guineense de renome mundial, morreu nesta sexta-feira (22) em Conacri aos 70 anos. Kanté, a quem muitos apelidaram carinhosamente de "griot elétrico", era conhecido em todo o mundo por seu domínio do corá, um instrumento de percussão de origem na África Ocidental.

O Sr. Kanté iniciou sua carreira na década de 1970 e obteve sucesso internacional com a canção Yéké Yéké. Quando a morte foi anunciada, várias personalidades saudaram a memória de Kanté. “A cultura africana está de luto. Meus pêsames”, escreveu o presidente guineense Alpha Condé em sua conta no Twitter.

“Grande perda para o nosso país. Sua herança artística e cultural é eterna. Nestes dias santos, que Deus receba Mory Kanté em seu reino”, acrescentou o ministro do Trabalho, Moustapha Naité. “Sinto um enorme vazio hoje com a partida deste baobá da cultura africana. Descanse em paz”, escreveu o cantor e ex-ministro senegalês Youssou N'Dour.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com