COVID-19: Portugal é um dos países europeus que avançam rumo à normalidade

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

1 de junho de 2020


Lisboa durante o confinamento em março/Imagem meramente ilustrativa


Enquanto a França se prepara para a Fase 2 do desconfinamento, que deve iniciar amanhã, com bares, restaurantes, cafés, museus e mais escolas podendo voltar a funcionar em todo país, Portugal iniciou hoje sua Fase 3, liberando o funcionamento de igrejas, lojas, ginásios e teatros. A única exceção em Portugal é a capital Lisboa, onde os restaurantes serão obrigados a trabalhar com, no máximo, 50%, da sua capacidade de lotação, enquanto na França a exceção é Paris, que ainda não conseguiu controlar totalmente os novos casos de COVID-19 e, assim, avançará de fase só no dia 22 de junho.

Já a Alemanha permitiu o primeiro voo charter rumo à China na sexta-feira passada, dia 29. O avião partiu do aeroporto de Frankfurt e os passageiros a bordo serão monitorados para descartar a contaminação pelo novo coronavírus após voltarem para casa. Também na Alemanha, parques de diversão reabriram neste final de semana, após ficarem fechados por quase três meses.

Ainda mais ao norte, a Noruega e a Dinamarca vão reabrir as fronteiras entre os dois países a partir de 15 de junho, porém manterão as restrições com a Suécia, o país Nórdico mais atingido pela pandemia de COVID-19 e que hoje, segundo a JHU, contabiliza 4.395 óbitos e mais de 37.500 casos de infecção.

Os cinco países europeus com mais casos de COVID

Segundo a JHU hoje, os cinco países europeus com mais casos de COVID-19 são:

  1. Rússia: 414.878
  2. Reino Unido: 276.156
  3. Espanha: 239.479
  4. Itália: 232.997
  5. França: 189.010

Notícias Relacionadas

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com