Alemanha: casos de COVID-19 aumentam após flexibilização de isolamento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de maio de 2020

A Alemanha tem visto um aumento diário dos casos de COVID-19 após a flexibilização das medidas restritivas. Segundo dados do Instituto Robert Koch, o fator de crescimento na Alemanha voltou a ser maior que 1, chegando a 1,1. Isso indica que os contágios no país estão crescendo novamente.

Os dados do instituto vêm depois da quarta-feira, quando a chanceler Angela Merkel anunciou um relaxamento das medidas de contenção, permitindo a reabertura de todas as lojas e, gradualmente, das escolas; No mesmo dia, foi retomada a Bundesliga, a maior competição de futebol do país.

A chanceler alemã introduziu uma regra que permite aos governadores locais introduzirem o lockdown se os casos excederem o limite de 50 por 100 mil pessoas. Já várias áreas ativaram essas medidas: na Renânia do Norte-Vestfália e Eslésvico-Holsácia após novos casos em empresas de processamento de carne e na Turíngia, após um aumento de casos de 80 por 100 mil habitantes.

Apesar dessas novas medidas, houve numerosos protestos para exigir que as medidas fossem suspensas por completo. Em Berlim, policiais prenderam cerca de 30 pessoas em frente ao Palácio do Reichstag, depois de violar as regras de distanciamento social.

No momento, a Alemanha ocupa o sétimo lugar no número de casos confirmados, que atingiram 169.218, com 7.395 mortes.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com