Braian Toledo, atleta olímpico argentino, morre em acidente de trânsito

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

27 de fevereiro de 2020

O mundo do esporte está de luto pela morte de Braian Toledo, lançador de dardos da Argentina. A morte aconteceu após um acidente sofrido com sua motocicleta na noite de quarta-feira em uma estrada (rota) provincial de Buenos Aires.

Toledo, que se encontrava em treinando, buscando sua classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, na província de Santa Fé, se dirigia na condução de sua moto em alta velocidade pela Ruta (Rota) Provincial 40 em direção à cidade de Marcos Paz. Quando estava dirigindo pela província de Buenos Aires, precisamente no cruzamento com a Rua Monteagudo, à localidade de Marcos Paz, de onde era oriundo.

Quando circulava por nesta rota provincial de Buenos Aires, precisamente na interseção com a rua Monteagudo, na cidade de Marcos Paz, foi surpreendido por uma manada de burros sem sinalização, o que o levou a perder o controle do seu veículo, foi jogado do mesmo e seu corpo impactou fortemente contra o asfalto. Apesar de que poucos minutos chegado uma ambulância para socorrer-lo, ele morreu a caminho do hospital.

Gerardo Werthein, presidente do Comitê Olímpico Argentino, foi o encarregado de confirmar a notícia e as repercussões foram imediatas.

Nós perdemos a uma grande pessoa, nosso querido Braian Toledo. Extraordinário esportista, humilde, generoso, sempre solidário com os demais. Querido Braian: QEPD [Que Em Paz Descanse] Sentimos muito. Rezaremos por ti. Minhas condolências a toda à família neste comovente e triste momento.

Gerardo Werthein

Durante sua carreira como lançador de dardos, obteve uma medalha de prata no Campeonato Mundial Júnior de 2012 em Barcelona, ​​participou das Olimpíadas de Londres e do Rio de Janeiro (sendo finalista nesta última) e se encontrava competindo para se classificar aos Jogos de Tóquio 2020, iria participar no Campeonato Nacional de Atletismo, que se disputaria em Concepción del Uruguay, em meados de abril, como uma chance para acesso às Olimpíadas japonesas.

Durante meses, havia se radicado na Finlândia para receber treinamento dos especialistas desse país considerados os melhores. Seu treinador era o finlandês Kari Ihalainen, que se encontrava em Buenos Aires, preparando o treinamento de Toledo com vistas às próximas competições. Se encontravam na Argentina participando do campus de esportistas juvenis da CENARD de Núñez em preparação para os Jogos da Juventude de Dakar em 2022.

Ele nasceu em Marcos Paz, província de Buenos Aires, em 8 de setembro de 1993, no momento da sua morte, estava com 26 anos de idade.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com