Bola de Ouro FIFA 2015 vai para Lionel Messi

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de janeiro de 2016

Europa — Ontem, a Argentina e a estrela do futebol FC Barcelona, Lionel Messi ganhou o Ballon d'Or (ou Bola de Ouro) FIFA de 2015, em evento organizado pela FIFA em Zurique, Suíça. O Bola de Ouro é um prémio(em Portugal) ou prêmio(no Brasil) anual dado ao jogador mais votado para ser o melhor do ano.

Messi, junto com seu companheiro de equipa(em Portugal) ou equipe(no Brasil) de Barcelona e brasileiro Neymar Jr. e astro português Cristiano Ronaldo foram pré-seleccionados(em Portugal) ou pré-selecionados(no Brasil) pela FIFA em Novembro. Depois de ter ganhado cinco troféus mais importantes no ano calendário de 2015, que contou com a Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2015 em dezembro no Japão contra o clube argentino River Plate na qual ele anotou o primeiro gol, Messi ganhou 41,33% dos votos.

Ganhador em anos anteriores Ronaldo garantiu 27,76% dos votos e companheiro de grupo de Messi, Neymar ganhou 7,86%. Ganhador do Bola de Ouro de 2007 e jogador brasileiro Kaká anunciou o vencedor do Gala. Messi jogou 61 jogos em 2015 e marcou 52 gols. Ele também deu 26 assistências. Também marcou em cada uma das seis torneios.

Na cerimónia(em Portugal) ou cerimônia(no Brasil), Messi disse:

Em Português É um momento especial, depois de ver dois anos como o ganhador Cristiano [Ronaldo]. É incrível que seja a quinta, é muito mais do que imaginava quando [eu] era miúdo(em Portugal) ou criança(no Brasil).
Em espanhol Es un momento especial, después de ver dos años cómo lo ganaba Cristiano [Ronaldo]. Es increíble que sea el quinto, es mucho más de lo que imaginaba cuando era chiquito.

Lionel Messi

Messi já ganhou o melhor jogador da Liga do ano; e a UEFA melhor jogador na Europa Premio com 49 votos de um total 54, deixando atrás o seu companheiro de equipa o uruguaio Luis Suárez e Ronaldo, que conseguiram três e dois votos, respectivamente. Também ganhou uma medalha de prata na Copa América de 2015, quando Argentina perdeu para os anfitriões do Chile em matéria de sanções.

Messi já havia ganhado o prémio(em Portugal) ou prêmio(no Brasil) por quatro anos consecutivos, de 2009 até 2012. Ronaldo e Messi entre eles haviam ganhado o troféu nos últimos oito anos. Neymar este ano tornou-se entre os três melhores, primeiro brasileiro desde a vitória de Kaká em 2007.

Messi havia votado por seus companheiros da equipa(em Portugal) ou equipe(no Brasil) Neymar, Suárez e Andrés Iniesta; Neymar votou por Messi, Suárez e Ivan Rakitić. Neymar na cerimônia disse: "É um sonho para mim estar aqui, é uma vitória".

Notícias Relacionadas[editar]

Fontes[editar]