Trump parabeniza estadunidenses pela abolição da escravidão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de junho de 2020

Bandeira dos Estados Unidos
Outras notícias sobre os Estados Unidos
Localização dos Estados Unidos
Localização dos Estados Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a primeira-dama Melania Trump parabenizaram os estadunidenses na sexta-feira (19), dia da abolição da escravidão no país.

“155 anos atrás, em 19 de junho de 1865, os afro-americanos do Texas ouviram pela primeira vez palavras justas e muito esperadas: Todos os escravos são livres. Essas palavras confirmaram para o povo ainda escravizado do Texas que o exército da União garantiria e protegeria sua liberdade, declarada há quase três anos pelo presidente Abraham Lincoln”, afirmou o comunicado.

Este dia “nos lembra a injustiça inimaginável da escravidão e a alegria incomparável que deveria ter acompanhado a libertação. Isso é uma lembrança do período sombrio de nossa história e uma celebração da capacidade insuperável de nosso país de triunfar sobre a escuridão”, afirmou o presidente.

“Em junho, nós, como nação unida, nos comprometemos a viver de acordo com nossos ideais mais elevados e sempre lutamos por um país mais livre e forte que aprecie a dignidade e o potencial ilimitado de todos os americanos”, enfatizou Trump.

Embora o presidente Lincoln tenha abolido a escravidão em 1863 durante a Guerra Civil, vários estados do sul continuaram resistindo. O último estado em que a escravidão foi finalmente abolida foi o Texas. A data é comemorada em 47 dos 50 estados do país.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com