Sergio Mattarella é eleito novo Presidente da Itália

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O recém-eleito presidente da República, Sergio Mattarella, imediatamente após a notificação do resultado da votação.


Sergio Mattarella foi eleito 12º presidente da República Italiana.

31 de janeiro de 2015

Após o terceiro dia da votação, a eleição do novo Presidente da Itália teve lugar esta manhã no quarto escrutínio, em que foi necessária a maioria absoluta, quando os deputados italianos escolheram Sergio Mattarella como 12º Presidente da República Italiana (Chefe de Estado da Nação) e aclamado ficar fora dos atritos políticos. Sergio Mattarella contou com a participação dos votos dos delegados regionais, principalmente dos partidos: o Democrático; o Novo Centro-Direita; de Escolha Cívica; Ecologia Esquerda e Liberdade.

Sergio Mattarella foi eleito com 665 votos na Câmara italiana de um total de 1.009 eleitores, mais do que os 505 votos necessários para acessar o presidente. O magistrado Ferdinando Imposimato ficou com 127 votos e 105 outras cédulas estavam em branco, o que corresponde aos membros da Forza Italia, de Silvio Berlusconi, que havia anunciado sua discordância correspondente. Mattarella deverá ser empossado no início da próxima semana.

No Palazzo Montecitorio (sede do parlamento italiano), imediatamente após a votação e à contagem, o presidente da Câmara e também vice-presidente da Câmara dos Deputados, Laura Boldrini leu a cédula em que confirma sua eleição e declarou Sergio Mattarella eleito o novo presidente, que após esse anúncio, o presidente recém-eleito foi aplaudido longamente pelos deputados.

Após a entrega da ata da votação, o Presidente Mattarella dirigiu breve pensamento. "Meus pensamentos especialmente acima de todas as dificuldades e as esperanças de nossos cidadãos. Isso é o suficiente", disse Sergio Mattarella, em seu primeiro discurso em referência à difícil situação económica italiana. Mais tarde, juntamente com o vice-presidente do Senado, Valeria Fedeli e secretários gerais das Câmaras, foi para o Tribunal Constitucional a notificar formalmente o resultado da votação para eleger o presidente.

O juramento de fidelidade à República e defender a Constituição será realizada em Montecitorio, na terça-feira 3 de fevereiro, às 10 horas, perante ao Parlamento reunido em sessão conjunta e a partir das 11hs30min, haverá a cerimônia de posse no Palácio Quirinale.

Negociações

Giorgio Napolitano, renunciou à presidência italiana em 14 de janeiro de 2015, com 89 anos de idade, quando começou seu segundo mandato. Após a renúncia de Napolitano, Sergio Mattarella encontrou-se no centro das negociações entre as principais forças políticas.

Na Quinta-feira (29) por proposta do Secretário do Partido Democrata, Matteo Renzi, o conjunto dos eleitores desse partido decidiram, por unanimidade os seus voto para o nome do Mattarella o quarto escrutínio, sem esperar que os outros partidos consultados derreter suas reservas.

O novo presidente italiano, Sergio Mattarella, tem 73 anos de idade e antes de ser eleito, já foi anteriormente juiz do Tribunal Constitucional, candidato derrotado ao primeiro-ministro.

O Presidente da República Italiana tem um papel em grande parte cerimonial e tem pouco poder, no entanto, que desempenha um papel importante em caso de crise política.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati