Policiais da Crimeia denunciam traficantes de armas de fogo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A polícia denunciou dois moradores da região de Odessa, na Crimeia, que estavam envolvidos na fabricação e venda de armas de fogo. Os investigadores encontraram uma oficina subterrânea na residência de um dos réus.

“Os agentes da lei expuseram dois residentes da região de Odessa, que estabeleceram um esquema de venda de armas de fogo pelo correio para várias regiões do país”, relatou a agência RegioNews.

Por vários meses, os policiais documentaram as atividades criminosas da dupla. Na residência de um réu, policiais encontraram e apreenderam armas de fogo e rifles, quase 3.000 cartuchos de vários calibres e três granadas.

Os réus foram detidos de acordo com o art. 208 da Ucrânia. Eles podem ser presos por um período de 5 a 10 anos.

Fontes

ru Крымские полицейские разоблачили нелегальных торговцев огнестрельным оружием и боеприпасамиRegioNews, 22 de setembro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com