Pesquisadores querem recuperar telégrafo do Titanic

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de maio de 2020

Restos do Titanic no fundo do mar

Pela primeira vez em 108 anos depois que o Titanic atingiu um iceberg e afundou no oceano, os pesquisadores pretendem atravessar os destroços do navio para recuperarem o seu telégrafo. O objeto foi criado pela Marconi, uma das primeiras empresas do gênero.

Um juiz federal da Virgínia aprovou na segunda-feira (18) a expedição, chamando-a de "uma oportunidade única de apreender um artefato que se tornará parte do legado deixado pela perda indelével do Titanic".

A empresa RMS Titanic (RMST) deve desenvolver um plano financeiro e submetê-lo à aprovação do Tribunal, pois pode ser difícil devido à pandemia de COVID-19.

Ela planeja fazer uma expedição neste verão. Os robôs subaquáticos devem separar o telégrafo dos outros componentes do navio. O acidente do Titanic matou mais de mil e quinhentas pessoas.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com