Pentágono condena comportamento de militares russos na Síria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de agosto de 2020

Os ferimentos recebidos na terça-feira pelas tropas americanas na Síria foram causados ​​pelo comportamento provocador e agressivo dos militares russos. Isto é afirmado em um comunicado do porta-voz chefe do Pentágono, Jonathan Hoffman.

“Na terça-feira, as forças russas violaram nossos acordos sobre a resolução dos conflitos na Síria e feriram as tropas americanas como resultado de um comportamento deliberadamente provocativo e agressivo”, disse Hoffman em um comunicado.

O porta-voz do Pentágono agradeceu aos militares dos Estados Unidos por desacelerar este "confronto infeliz" graças ao profissionalismo e moderação que, nas palavras de Hoffman, são as marcas registradas do Exército dos EUA.

“Informamos aos russos que seu comportamento era perigoso e inaceitável. Esperamos voltar à resolução convencional e profissional do conflito na Síria e nos reservamos o direito de defender ativamente nossas forças quando sua segurança estiver em risco”, acrescentou Hoffman.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com