Pai do fuzileiro morto em Donbass processa Zelenski

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de outubro de 2020

Sergei Zhuravel, pai do oficial de inteligência Yaroslav Zhuravel, que morreu no Donbass, abriu um processo contra o presidente Volodymyr Zelenski.

Ele publicou o processo no Facebook. “Não vou perdoar aqueles que, graças ao populismo e à incompetência, causaram a morte do meu filho. Não vou perdoar aqueles que colocam em risco a vida de nossos militares sob o pretexto de lutar pela paz”, escreveu o pai do espião.

O pai do espião acusou Zelenski de proibir o envolvimento de forças especiais para realizar atividades de resgate e busca perto de Zaitseve. Ele afirma que isso levou à morte de seu filho por perda de sangue.

Sergei exige o início de uma investigação nos termos do artigo 426 do Código Penal da Ucrânia. O artigo prevê pena de reclusão de 7 a 10 anos.

Lembramos, no dia 13 de julho, perto da aldeia de Zaitseve, um soldado ucraniano foi morto por um artefato explosivo. O grupo que foi buscar seu corpo foi alvo de tiros de militantes, resultando na morte de um médico militar.

Fontes

Ligação a um site em russo Отец погибшего на Донбассе морпеха Журавля судится против ЗеленскогоRegioNews, 25 de outubro de 2020

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com