O preço do ouro chegou a US$ 2 mil a onça

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de julho de 2020

Os mercados globais na terça-feira (28) começaram a compensar as perdas registradas anteriormente, demonstrando que os investidores estão se recuperando da turbulência causada por outra escalada nas relações entre os Estados Unidos e a China.

O indicador Nikkei de Tóquio fechou em baixa de 0,2% e Hang Seng de Hong Kong subiu 0,6%. O S&P/ASX da Austrália caiu 0,3%, o KOSPI de Seul aumentou 1,7% e o TSEC de Taiwan permaneceu praticamente inalterado em termos percentuais. O Sensex de Bombaim subiu 1,3% à tarde.

O preço do ouro, que no início do dia se aproximava do nível de US$ 2.000 por onça, agora é de US$ 1.926,30 por onça.

O petróleo americano caiu 0,6%, para US$ 41,34 por barril, enquanto o Brent, índice de referência, perdeu 0,1% e está sendo negociado a US$ 43,35 por barril.

Os futuros dos principais índices de ações americanos, na véspera da abertura das negociações, mostram uma tendência negativa. Veja como as principais bolsas de valores fecharam ontem:

Segunda, 27 de julho de 2020, 21:30 UTC
País
América
Estados Unidos Estados Unidos 26.584,77 +114,88 0,43%
Estados Unidos Estados Unidos 10.536,27 +173,09 1,67%
Estados Unidos Estados Unidos 3.239,41  +23,78 0,74%
Canadá Canadá 16.161,33 +164,27 1,03%
Ásia-Pacífico
Japão Japão 22.715,85 −35,76 0,16%
Hong Kong Hong Kong 24.603,26 −102,07 0,41%
Europa
Reino Unido Reino Unido 6.104,88 −18,94 0,31%
Alemanha Alemanha 12.838,66 +0,60 0,0047%
França França 4.939,62 −16,81 0,34%
Espanha Espanha 7.170,60 −124,10 1,70%
Bélgica Bélgica 3.407,46 −27,97 0,81%


Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com