Morre o escritor Konstantin Krylov

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

12 de maio de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Konstantin em junho de 2019

O escritor russo Konstantin Krylov morreu hoje, aos 52 anos. A informação foi anunciada por sua esposa, Nadezhda Shalimova, através do Facebook. Em 20 de abril, Krylova sofreu um acidente vascular cerebral, sendo levado ao Hospital Botkin.

No início de maio, segundo a RBC, o escritor foi transferido para um centro de reabilitação, no entanto, alguns dias depois, Krylov sofreu um segundo derrame:

Ele estava no hospital regional da cidade de Pushkino, em terapia intensiva. A pressão foi estabilizada, mas ele entrou em coma hoje à noite, conectado a um ventilador, e morreu às 12 horas.

Konstantin nasceu em 18 de outubro de 1967 em Moscou. Ele se formou em cibernética pelo Instituto de Física e Tecnologia de Moscou e filosofia pela Universidade Estatal de Moscou. Konstantin trabalhou como editor-chefe de diversas publicações russas.

De 2005 a 2007, atuou como presidente do Movimento Social Russo. Em 2011, foi aberto um processo criminal contra Krylov, após seu discurso na Praça Bolotnaya, onde foi condenado a 120 horas de trabalho. Em 2012, fundou o Partido Nacional Democrata. Além disso, publicou várias obras sob o pseudônimo de Mikhail Kharitonov.

Fontes

Reportagem original
Esta notícia contém reportagem original de um Wikicolaborador.