Morre aos 78 anos o filósofo marxista Leandro Konder

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

Portal Obituário
Outras notícias sobre obituário

12 de novembro de 2014

O filósofo marxista brasileiro Leandro Konder morreu hoje (12), em casa, aos 78 anos, de acordo com informação do Departamento de Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), onde Konder lecionava na pós-gradução.

A editora Boitempo, para a qual coordenou a coleção Marxismo e Literatura, com Michael Lowy, emitiu nota em que afirma que Konder sofria do Mal de Parkinson há muitos anos. Nascido em Petrópolis, na região serrana, em 1936, Konder foi forçado a sair do Brasil pelo Regime Militar, em 1972, depois de ser preso e torturado, e se exilou na Alemanha e na França.

O filósofo só retornou ao país seis anos depois, e começou a dar aulas na PUC na década de 1980, quando também entrou para o corpo docente do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense. Formado em direito, Konder doutorou-se em filosofia no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de janeiro, em 1987.

Autor de mais de 20 livros, o filósofo contou sua biografia em Memórias de um Intelectual Comunista (2008), da Editora Civilização Brasileira, em que se serviu de anotações pessoais reunidas desde que tinha 14 anos.

O velório está marcado para às 15h de amanhã (13), no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, zona portuária do Rio.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati