Morre Jean-Claude Duvallier, ex-presidente do Haiti

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Duvallier em 2011.
Foto: Agência Brasil.

6 de outubro de 2014

Haiti — Em 4 de outubro, em Porto Príncipe, capital do Haiti, morreu Jean-Claude Duvalier, ex-presidente de facto desse país caribenho. Era conhecido pelo apelido Baby Doc e era filho do também presidente François Duvalier, também conhecido como Papa Doc.

Assumiu seu cargo em 1971, com apenas 19 anos e o manteve até 1986, quando ele teve que deixar após uma revolta popular e exílio-se na França até 2011. Tinha acusações de corrupção e violações dos direitos humanos durante seu mandato. Em seu retorno, declarou que voltou como um gesto de solidariedade com a nação pelo terremoto que assolou esse país em 2010.

Deveria enfrentar um julgamento por violações dos direitos humanos, mas saiu impune ao ter seu caso estancado.

Além disso era conhecido por cortar o transito nas ruas de Porto Príncipe para conduzir seu carro em alta velocidade apesar do temor dos transeuntes e em algumas oportunidades jogava pelas janelas algum punhado de notas e os pedestres corriam para tentar pegar alguma.

Estava casado com Michèle Bennett em primeiras núpcias com quem teve dois filhos e com Veronique Roy.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati