Militares russos abrem fogo contra mercenários do Wagner perto de Moscou

Fonte: Wikinotícias

24 de junho de 2023

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Helicópteros militares russos abriram fogo na tarde deste sábado contra um comboio de mercenários rebeldes já a meio caminho de Moscou em um avanço relâmpago depois de tomar uma cidade do sul durante a noite, reporta a Pan Armenian.

O Grupo Wagner causou caos na Rússia nas últimas 24 horas após tomar o controle da cidade de Rostov e após seu chefe do Wagner, Yevgeny Prigozhin, ordenar que os mercenários estacionados na região de Moscou estivessem prontos para lutar. Grupos de mercenários estavam a postos em Moscou desde ontem.

Diversas lideranças russas deixaram o país e Vladimir Putin teria deixado Moscou rumo a um lugar secreto horas atrás.

Prigozhin iniciou uma ofensiva ontem contra o Ministro da Defesa, Serguei Choigu, e o general Valeri Gerassimov após membros do Wagner, que lutam com as tropas russas na Ucrânia, terem sido alvejados num comboio dias atrás por "fogo amigo".

O governo russo contra-atacou e acusou Prigozhi de motim e traição. Se for preso e julgado, o mercenário pode ficar preso por até 20 anos.

Notícias Relacionadas

Fontes