Microsoft processada por uso ilegal do nome Office Live

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

27 de fevereiro de 2007

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Microsoft está sendo processada por violação de direito de propriedade intelectual pela empresa Office Live, o mesmo nome do novo Office lançado pela Microsoft.

A empresa Office Live tem sua sede na Califórnia.

A empresa registrou o nome em 2002, e em dezembro passado (2006) apresentou uma ação contra a Microsoft, mas, segundo o "Cnet News.com", retirou com o objetivo de chegar a um acordo com a empresa de Bill Gates.

Aparentemente as conversações não chegaram a um consenso, pois a Microsoft lançou comercialmente a sua nova versão do Office, com o nome Office Live.

Comentários

Office Live

"É surpreendente que a Microsoft tenha tão pouco respeito pelos direitos de propriedade intelectual (...) e que escolha um nome que pertence a outra empresa", disse o diretor-executivo da Office Live, Lenny Targon, em comunicado.

"O software on-line pode ser a nova onda, mas a Microsoft não tem direito de usar nossa marca registrada sem permissão", acrescentou Targon.

Microsoft

Os advogados da Microsoft explicam que a companhia é dona da marca "Office" de forma inquestionável e que o uso da expressão "live" não requer patente, já que a palavra é de uso recorrente no idioma inglês.

A Microsoft lembra que outras companhias usam a expressão junto de suas marcas para definir serviços “ao vivo” ou com respostas “em tempo real, como por exemplo os serviços "AOL Live" e "Vodaphone Live".

Outros processos

A Microsoft está respondendo por vários processos, não apenas este. Recentemente um tribunal julgou que a empresa deve pagar US$1,52bi por litígio de patente, o maior da história da tecnologia. (ver notícia).

Ver também

Fontes