Mara Maravilha deixa Fofocalizando do SBT

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Histórias relatadas
Televisão

Mais informações sobre Televisão:

22 de agosto de 2018

A apresentadora do programa Fofocalizando, exibido no sistema Brasileiro de Televisão (SBT), Mara Maravilha, não está mais no programa vespertino na última sexta-feira (17). A informação é do próprio SBT, em comunicado divulgado à imprensa na tarde daquele dia.

De acordo com a emissora, a decisão foi tomada em comum acordo entre Mara e a direção do SBT. Mesmo assim, Mara continuará como contratada da emissora para futuros projetos, como forma de impedir fake news (boatos ou rumores) sobre afastamento e até demissão da apresentadora.

Mara Maravilha e a direção do SBT, em comum acordo, decidiram que a apresentadora não fará mais parte do programa Fofocalizando. A artista permanece como contratada da emissora e aguarda novos projetos.

Nota

Até a sua saída, Mara Maravilha dividia o Fofocalizando com Leo Dias, Lívia Andrade, Leão Lobo, Mamma Bruschetta e Décio Piccinini. Mara é conhecida por se envolver em polêmicas com os colegas do que com as celebridades, como a Livia Andrade, que já teve desentendimentos com ela.

No entanto, a imprensa brasileira afirma que ao contrário da nota emitiva pela emissora, a saída da Mara Maravilha do Fofocalizando foi tulmutuada. Na véspera (16), em uma live (vídeo ao vivo em rede social) no instagram da emissora na tarde, respondendo a perguntas de fãs, a então apresentadora reclamou dos apresentadores: “Quem não consegue conviver comigo, agora vai ter que pedir pra sair. Porque eu não peço mais!”.

A declaração repercutiu na imprensa no fim de tarde e foi mal recebida dentro da emissora, o que foi estopim pra seu afastamento no dia seguinte. A notícia de que Mara não estaria mais na atração, repercutiu nas redes sociais como o Twitter, que foi o assunto mais comentado na tarde. Os fãs da Mara criticaram o dono do SBT e o programa por afastar a apresentadora, enquanto outros que eram críticos, comemoraram a saída dela.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati