França elegerá seu estandarte na Eurovision 2019 através do Destination Eurovision

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Madame Monsieur representa a França na Eurovision 2018 graças a sua vitória no Destination Eurovision 2017

21 de junho de 2018

France 2, um dos canais que fazem parte do organismo público da radiodifusão francesa confirmou a algumas horas que vai confiar no seu processo de seleção Destination Eurovision para selecionar seu representante no Concurso Festival da Canção 2019, que ainda é um mistério. A rede já abriu o prazo para que artistas, compositores e gravadoras enviem suas propostas para o evento, cujo vencedor representará a França no evento europeu do próximo ano. Os interessados poderão fazê-lo até 03 de novembro deste ano e o principal requisito é ter no mínimo 16 anos e preencher as condições exigidas pela União Europeia de Radiodifusão.

Produtores e gestores da cadeia revelaram que para a segunda edição da competição, não apenas procurarão manter o alto nível dos candidatos que receberam este ano, mas esperarão para manter, também, a aprovação concedida pelo público francês, que decidiu a confiar no projeto eurovision, apesar dos maus resultados colhidos antes da participação de Amir Haddad em 2016, selecionados pelo chefe da delegação, Edoardo Grassi e sua equipe de profissionais. Por outro lado, a cúpula responsável pelo processo espera igualar ou superar os resultados alcançados nos três últimos anos da Eurovisão, onde a França conseguiu se manter no lado esquerdo da tabela. Destino Eurovision 2017 atraiu a atenção de quase dois milhões de espectadores em sua gala final em 27 de Janeiro, que decidiu a escolha pelo júri internacional, a dupla Madame Monsieur, formada por Emilie Satt e Jean-Karl Lucas. O casal chegou com sua música Mercy (música de Madame Monsieur) numa respeitável décima terceira posição, além da terceira posição nas paradas de vendas francesas.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati