França elegerá seu estandarte na Eurovision 2019 através do Destination Eurovision

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Madame Monsieur representa a França na Eurovision 2018 graças a sua vitória no Destination Eurovision 2017

21 de junho de 2018

France 2, um dos canais que fazem parte do organismo público da radiodifusão francesa confirmou a algumas horas que vai confiar no seu processo de seleção Destination Eurovision para selecionar seu representante no Concurso Festival da Canção 2019, que ainda é um mistério. A rede já abriu o prazo para que artistas, compositores e gravadoras enviem suas propostas para o evento, cujo vencedor representará a França no evento europeu do próximo ano. Os interessados poderão fazê-lo até 03 de novembro deste ano e o principal requisito é ter no mínimo 16 anos e preencher as condições exigidas pela União Europeia de Radiodifusão.

Produtores e gestores da cadeia revelaram que para a segunda edição da competição, não apenas procurarão manter o alto nível dos candidatos que receberam este ano, mas esperarão para manter, também, a aprovação concedida pelo público francês, que decidiu a confiar no projeto eurovision, apesar dos maus resultados colhidos antes da participação de Amir Haddad em 2016, selecionados pelo chefe da delegação, Edoardo Grassi e sua equipe de profissionais. Por outro lado, a cúpula responsável pelo processo espera igualar ou superar os resultados alcançados nos três últimos anos da Eurovisão, onde a França conseguiu se manter no lado esquerdo da tabela. Destino Eurovision 2017 atraiu a atenção de quase dois milhões de espectadores em sua gala final em 27 de Janeiro, que decidiu a escolha pelo júri internacional, a dupla Madame Monsieur, formada por Emilie Satt e Jean-Karl Lucas. O casal chegou com sua música Mercy (música de Madame Monsieur) numa respeitável décima terceira posição, além da terceira posição nas paradas de vendas francesas.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati