Filipinas: mortes em decorrência da passagem do tufão Odette se aproximam de 400

Fonte: Wikinotícias

20 de dezembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Pelo menos 375 pessoas morreram nas Filipinas em decorrência da passagem do super-tufão Odette (chamado Rai internacionalmente). O número, no entanto, ainda pode aumentar, enquanto as forças de resgate continuam os trabalhos.

Odette tocou terra nas Ilhas Siargao, em Surigao del Norte, no dia 16 passado com ventos de 195km/h e rajadas de 240km/h, classificado pelo Joint Cyclone Center dos Estados Unidos como um ciclone tropical de categoria 5, a maior existente. Depois de atingir Sirgao, ele continuou seu caminho, atravessando o país asiático de leste para o oeste, devastando diversas cidades nos arquipélagos de Visayas e Mindanao.

Além das mortes, o tufão levou à evacuação de milhares de pessoas devido a enchentes, destruiu casas, derrubou árvores e danificou redes de energia elétrica. Ele também destruiu lavouras, principalmente de arroz e milho, e causou danos aos piscicultores e pecuaristas. Os danos no setor agropecuário chegam a 500 milhões de pesos filipinos (~10 milhões de dólares).

O Odette é o 15º ciclone tropical a atingir as Filipinas este ano e é o mais intenso até agora, estando hoje classificado como uma depressão tropical pelo Joint Cyclone Center e localizado no norte do Mar do Sul da China (veja aqui).

Notícias Relacionadas

Fontes